Nota de repúdio pelo descaso da segurança pública no estado do Espírito Santo

Nota de repúdio pelo descaso da segurança pública no estado do Espírito Santo

NOTA DE REPÚDIO

      A Associação Nacional das Entidades Representativas dos Policiais, Bombeiros Militares e Pensionistas do Brasil, vem por meio desta, repudiar o descaso em que o governo tem condicionado a segurança pública do Estado de Espírito Santo, tendo as policias e bombeiros militares  como melhores do país e com pior remuneração.

É fato que na última década, a segurança pública passou a ser considerada problema fundamental e principal desafio ao Estado de Direito no Brasil. Sabemos que tais problemas relacionados com o aumento das taxas de criminalidade e da sensação de insegurança ocorrida não só neste Estado como em todo Brasil tem suas raízes na desestruturação da família, ineficiência de algumas instituições, superpopulação dos presídios, corrupção, ineficácia da investigação criminal e das perícias policiais e morosidade judicial, entre tantos outros.

No entanto a condição de militar estadual e as imposições e restrições constitucionais impostas a bombeiros e policiais militares fazem com que alguns Estados da nação, dentre eles o Espirito Santo, subjuguem esta classe tornando o relacionamento entre o Estado e militares estaduais se deteriorem, tornado as condições de trabalho e remuneração as piores possíveis, ocasionado assim uma ruptura no trato e movimentos paredistas, como é o caso.

O que ocorre no Espirito Santo, requer alerta para uma necessidade urgente de um amplo debate sobre segurança publica e neste contexto, bem como agilidade na implantação de uma política de valorização do profissional que atua na área e em especial o policial e o bombeiro militar.

Em síntese solicitamos a sensibilidade do Exmo. Senhor Governador do Estado do Espírito Santo em exercício, Cesar Conalgo, no sentido de reconduzir o Comandante Geral, conceder reajuste salarial, e condições dignas de trabalho aos respectivos agentes.

       Leonel Lucas  Presidente ANERMB

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de:

Projeto anistia policiais militares que se aquartelaram no Espírito Santo

       Proposta em análise na Câmara