Câmara instala comissão externa para avaliar mortes de policiais em serviço

Câmara instala comissão externa para avaliar mortes de policiais em serviço

Câmara instala comissão externa para avaliar mortes de policiais em serviço

       Será instalada nesta terça-feira a comissão externa que vai avaliar o aumento no número de policiais mortos em serviço em todo o País. A criação do colegiado foi aprovada na semana passada pelo Plenário, a pedido do deputado Cabo Sabino (PR-CE).

     A 10ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostra que 455 policiais foram assassinados em 2015 e outros 1,2 mil foram feridos. “Ou seja, um agente de segurança pública é assassinado a cada 16 horas. Esses dados confirmam a tendência já constatada em outras edições, que indicam que o número dos agentes de segurança pública assassinados cresce cada vez mais no Brasil”, analisa o deputado.

Após a instalação, marcada para as 16 horas, no plenário 14, será definido o roteiro dos trabalhos.

Fonte: Jornal Câmara

14/02/17

Comissão Externa destinada a avaliar o crescente número de agentes de Segurança Pública mortos em serviço – CEXAGENT

 

PMDB/PP/PTB/DEM/PRB/SD/PSC/PHS/PTN/PMN/PRP/
PSDC/PEN/PRTB
Alberto Fraga DEM/DF (Gab. 511-IV)
Eduardo Bolsonaro PSC/SP (Gab. 481-III)
Laudivio Carvalho SD/MG (Gab. 717-IV)
Pastor Eurico PHS/PE (Gab. 906-IV)
Ronaldo Benedet PMDB/SC (Gab. 918-IV)
PT/PSD/PR/PROS/PCdoB
Cabo Sabino PR/CE (Gab. 617-IV)
Capitão Augusto PR/SP (Gab. 273-III)
Delegado Éder Mauro PSD/PA (Gab. 586-III)
PSDB/PSB/PPS/PV
Rocha PSDB/AC (Gab. 607-IV)
PDT
Subtenente Gonzaga PDT/MG (Gab. 750-IV)

 

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de:

Representantes da ANERMB participam de audiência pública da Comissão de Direitos Humanos que analisa mortes de policiais no Brasil

Com o cancelamento da comissão geral que trataria